(71) 4009-6671 comunicacao@asasalvador.org.br

Seja reciclASA

Uma atitude que pode salvar o planeta! Este é o conceito do projeto de reciclagem do óleo de cozinha, mais conhecido como ReciclASA.

Idealizado pela Ação Social Arquidiocesana com total apoio da nossa igreja, o projeto lançado em fevereiro deste ano já é um sucesso. Com o slogan “Preservando a criação”, foi projetado como compromisso cristão e social de cuidado com a “casa comum” para atender as paróquias da Arquidiocese de Salvador. Entendendo-se a importância da ação de preservação do meio ambiente que o mesmo compromisso de cuidado foi abraçado por escolas, universidades, condomínios, instituições diversas e pontos comerciais de Salvador e região metropolitana.

Como funciona o projeto:

O óleo residual de fritura de cozinha deve ser armazenado em garrafa pet de 2lt ou até 3lt. O oléo e a garrafa são descartados na bombona fornecida pelo projeto.

As bombonas são colocada em pontos conhecidos como ponto de coleta, sendo eles: paróquias, restaurantes, escolas, universidades, condomínios, etc. O local interessado deve entrar em contato com a equipe responsável pelo ReciclaASA, através do telefone (71) 4009-6671, para solicitar a colocação da bombona, entre outras regras exigidas pelo projeto.

Todo óleo coletado é destinado a “Rede Social Óleo Bahia” que é a instituição responsável em transformar o óleo em biodisel.

A coleta nos pontos é de total responsabilidade da Ação Social Arquidiocesana e o valor arrecadado com o óleo coletado é revertido para atuação em projeto social, com foco em pessoas em situação de rua, entre outras pastorais sociais.

O óleo que resgata vida:

Para que o projeto funcione é importante ter uma equipe de trabalho como suporte. Fazendo parte dessa equipe , contamos com o funcionário Valglênio dos Santos que , através do projeto teve oportunidade de sair das ruas e ter uma vida de dignidade. O colaborador é peça chave do projeto, é através dele que as coletas são realizadas. Ele é a pessoa responsável em recolher as bombonas nos pontos de coleta, fazer entrega de bombonas novas, registrar quantidade coletada, higienizar as bombonas, entre outras demandas operacionais exigidas na atividade.

Valglênio não esconde o brilho nos olhos e a felicidade em contribuir com um projeto tão importante. ” Precisamos ter responsabilidade em nossas atitudes. Desde o tempo que morava nas ruas via as pessoas sujando as calçadas, jogando lixo na rua, restaurantes jogando óleo da comida em baldes, sem tanto cuidado. Dormir em muitas calçadas que precisei limpar para deitar com dignidade, sem tanta sujeira né? Agora com o reciclASA além do meu trabalho, meu sustento, quero que todo mundo tenha consciência em fazer o projeto crescer e descartar como tem que ser, na garrafa para reciclar”, desabafa.

Valglênio realizando a entrega de bombona na paróquia Sagrada Coração de Jesus – Alto do Cabrito

Porque precisamos descartar corretamente o óleo:

O óleo utilizado na cozinha muitas vezes é descartado na pia e cai diretamente na rede de esgoto causando muitos prejuízos. Além de prejudicar o solo, o homem, a água, o ar e a vida de muitos animais também são impactadas.

Quando retido no encanamento, o óleo causa entupimento das tubulações e faz com que seja necessária a aplicação de diversos produtos químicos para a sua remoção. Se não existir um sistema de tratamento de esgoto, o óleo acaba se espalhando na superfície dos rios e das represas, contaminando a água e matando muitas espécies que vivem nesses habitats.

Dados apontam que com um litro de óleo é possível contaminar um milhão de litros de água. Se acabar no solo, o líquido pode impermeabilizá-lo, o que contribui com enchentes e alagamentos. Além disso, quando entra em processo de decomposição, o óleo libera o gás metano que, além do mau cheiro, agrava o efeito estufa.

Seja consciente, colabore com o projeto. Ajude o meio ambiente, ajude a resgatar vidas!

Conheça a lista dos locais que apoiam o reciclASA e seja você mais um integrante e divulgador desse belo projeto!

Leave a Reply