(71) 4009-6671 comunicacao@asasalvador.org.br

III Jornada Mundial dos Pobres – o alimento do amor

As tardes de terças feiras é sempre o dia da semana muito especial. É nesse dia, a partir das 14h30min, na paróquia Nossa Senhora de Nazaré, em Nazaré, que um grupo de mulheres, todas voluntárias, com sorrisos no rosto acomodam nas mesas e cadeiras, pessoas em situação de rua, para servir uma deliciosa sopa.

A “Sopa de Nazaré”, como carinhosamente é conhecida, é uma iniciativa que existe há 12 anos e, com gesto de amor e solidariedade ao próximo vem alimentando aos que mais precisam: os que vivem em situação de extrema pobreza.

Sopa, pão com manteiga, café, água e pimenta acompanham o cardápio.

Com uma calorosa saudação de “sejam todos e todas bem vindos e bem vindas”, antes de servir a sopa, mais um gesto de amor: todos oram e pedem a bênção para o alimento.

“É uma alegria pra nós preparar a sopa todos esses anos. Servimos homens, mulheres, crianças, idosos. Eles precisam desse carinho, desse alimento. Mas na verdade, nós que ficamos alimentadas”, conta Maria Aldair, “Dadai”, coordenadora da equipe de voluntárias.


Servir a sopa é um gesto de amor

“ Sinto amor quando tomo a sopa, não falto nunca, é muito gostosa, organizada e toda equipe é atenciosa com a gente. Tem até pão com manteiga e uma pimentinha que não pode faltar”, conta com alegria Dona Antônia.

Dadai reforça que conta com a solidariedade de muitas pessoas para que a sopa sempre aconteça. Os ingredientes são frutos de doação e campanhas organizadas pelas próprias voluntárias, pela paróquia, por amigos e conhecidos.

“As dificuldades existem, às vezes temos pouca manteiga, não tem copo para servir o cafezinho, falta massa da sopa, legumes e mesmo assim a gente não desiste, sempre aparece alguém que acaba doando o que falta. Durante todos esses anos não ficamos uma terça-feira sem servi-los”, diz.

O grupo faz parte da Pastoral Arquidiocesana Povo de Rua e conta com a assistência da equipe de articulação da Asa. Semanalmente um (a) articulador (a) acompanha a ação, juntamente com a equipe da revista Aurora da Rua.

Matias Florentino, vendedor da revista, comenta que já esteve do outro lado se alimentando com a sopa. Para ele é uma alegria participar desses momentos e assim ajudar a servir e conversar com as pessoas.


Matias Florentino, vendedor da revista, incentiva as pessoas em situação de rua seguirem seu exemplo e se tornarem vendedor da revista para prover seu próprio sustento

” Hoje participo ajudando com meu exemplo. Venho aqui, distribuo a revista, incentivo dizendo que assim como eu, eles podem se tornar vendedor, garantir uma geração de renda e sair das ruas”, reforça.

A Sopa de Nazaré, assim como outras iniciativas, é o exemplo de que com persistência, vontade de ajudar o próximo e sentimento de que somos todos irmãos, é possível ser presença e esperança todos os dias.

Parte da equipe de voluntárias

Como colaborar:

Doe ingredientes para o preparo da sopa.

O que doar:

1.Verduras

 2.Massa para sopa

3.Manteiga

4.Temperos verdes ( cebola, alho,  pimenta)

5.Copo de cafezinho

6.Paletas de sorvete

Contato para doação:

(71) 9 9120-8294

Em média quatro caldeirões de sopa são servidos, alimentando mais de 120 pessoas

Leave a Reply